O violinista Jaime Costa tocou para colaboradores e pacientes do HCE, uma forma de levar amor e gratidão através das notas musicais.

O Hospital de Campanha Estadual (HCE) prestou homenagem a pacientes e colaboradores, nesta sexta-feira (17), ao som do violinista voluntário Jaime Costa. O momento, de motivação pela luta contra a Covid-19 e de gratidão pela colaboração da equipe multidisciplinar, emocionou a todos os presentes.

O coordenador geral do Projeto de Pesquisa Desenvolvimento e Inovação (PDI) da UFPI no Hospital de Campanha Estadual, Joel Rodrigues, explicou que a Covid-19 é uma doença que pode trazer graves problemas para a saúde e tem alto índice de contágio. De acordo com o diretor, para tratar as pessoas contaminadas pela doença, os profissionais da linha de frente arriscam sua própria saúde pelo bem do próximo, o que ele considera um gesto de amor que vai muito além da técnica profissional.

“O Hospital de Campanha Estadual tem a maior preocupação com a humanização do tratamento com os nossos colaboradores e pacientes. Nós sentimos o amor, a dedicação e o carinho que os colaboradores têm pelos pacientes. Estamos vivendo um momento extremamente difícil devido à pandemia do coronavírus e estamos buscando dar conforto, carinho e gratidão aos colaboradores, por estarem ajudando a salvar vidas e a devolver pessoas saudáveis para a sociedade”, disse o coordenador.

Pensando nisso, o Hospital de Campanha Estadual organizou um lanche em kits individuais durante as trocas de turno, que ocorrem às 6h30 e às 18h30. Os alimentos foram doados pela Serv Cozinha, empresa terceirizada para fornecer as refeições dos pacientes do HCE. Além disso, o momento contou com a presença voluntária do violinista Jaime Costa, que atua profissionalmente como técnico em análises clínicas no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela (IDTNP).

“A música lava a alma e engrandece o espírito. É uma forma de contribuir com quem está precisando. Existem casos em que a música ajuda no estado clínico do paciente. Eu levo a música aos hospitais por ver a alegria dos pacientes e dos companheiros de trabalho. Às vezes estamos atribulados e estressados com o trabalho e a música lava a alma. A minha presença hoje foi uma forma de homenagear os colaboradores e levar força aos pacientes com Covid-19″, afirmou.

Jaime Costa toca há mais de 10 anos e recentemente começou a tocar para pacientes do IDTNP. O músico se voluntariou para tocar para pacientes e colaboradores do HCE, pois acredita que, com a ação, é capaz de levar amor e carinho através das notas musicais.