A ação visa instruir os colaboradores assistenciais para evitar contaminação por Covid-19

O Hospital de Campanha Estadual (HCE) realiza, de 09 a 11 de junho, a Campanha do Enfrentamento Seguro, que tem como objetivo principal evitar que seus colabores se contaminem pelo coronavírus.

Organizada pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), a campanha está contemplando os colaboradores assistenciais do HCE em três turmas por dia.

Nesses períodos estão sendo ministrados assuntos com temas variados, como higiene das mãos, paramentação, desparamentação, notificação de incidentes, descarte seguro de resíduos e fluxo da área Covid-19.

A enfermeira coordenadora da CCIH, Herilane Cavalcante, destacou que, embora sejam atividades do dia a dia do profissional de saúde, é importante reforçar os protocolos gerais e aqueles elaborados pelo hospital entre os colaboradores para garantir a segurança durante os atendimentos.

“Com o objetivo de garantir que todos os nossos colaboradores estejam preparados para o atendimento ao paciente confirmado Covid-19, é de suma importância padronizarmos os processos sobre como o profissional deve se paramentar e se desparamentar, para garantir segurança aos nossos colaboradores. Todos os protocolos e os fluxos elaborados seguem normas da ANVISA e do Ministério da Saúde. Estamos apresentando todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) utilizados no hospital, de acordo com a área e indicação de cada um. É preciso fazer uso consciente e seguro desses equipamentos. Estamos ressaltando a importância da higiene das mãos, mostrando técnica adequada e o tempo da prática. Estamos trabalhando constantemente na promoção de um atendimento de qualidade e segurança de pacientes e profissionais”, pontuou.

A técnica de enfermagem Deusimar de Albuquerque participou de uma das turmas da campanha. Para ela, as lições aprendidas evitarão a sua contaminação e a de seus familiares. “No meu ponto de vista, todas as informações são cabíveis para um profissional, para que ele tenha o conhecimento específico sobre a Covid-19. É muito importante porque a gente está levando o conhecimento para si e para fora também. Então, essa unidade está me fornecendo essas informações e isso vai colaborar para a minha evolução profissional e evitar contaminação, pois se eu me contaminar, levarei para fora e para minha casa”, finalizou.

O Hospital de Campanha está há 13 dias em funcionamento e tem recebido pacientes de unidades de saúde de Teresina e de outros municípios do Piauí. Até o momento,

Doze pacientes que receberam tratamento no hospital tiveram alta.